Publication:
Teoria crítica dos direitos humanos e execução provisória da pena de prisão: o caso do Supremo Tribunal Federal brasileiro

Loading...
Thumbnail Image
Publication date
2017
Reading date
2017-01-17
Event date
Start date of the public exhibition period
End date of the public exhibition period
Advisors
Aparecido Dias, Jefferson
Authors of photography
Person who provides the photography
Journal Title
Journal ISSN
Volume Title
Publisher
Export
Research Projects
Organizational Units
Journal Issue
Abstract
A presente tese doutoral objetiva analisar, a partir da perspectiva proposta pelo pensamento crítico, a decisão proferida pelo Supremo Tribunal Federal no julgamento do habeas corpus número 126.292 que, modificando entendimento jurisprudencial anterior da própria Corte, permitiu a possibilidade do início da execução provisória da pena de prisão após a confirmação da decisão condenatória em segundo grau de jurisdição. Para tal análise, o trabalho inicia identificando as tensões dialéticas que informam a modernidade e os paradoxos que subjazem à forma ocidental de entender os direitos humanos como universalismo abstrato, para que sejam estabelecidas as bases para a reconstrução de uma teoria crítica dos direitos humanos. Após, rompendo com a concepção hegemônica dos direitos, é apresentada uma nova perspectiva de instrumentalizar a luta pela dignidade humana enquanto componente universal, por meio da adoção de uma teoria crítica que entende os direitos humanos como processos de luta e consolidação dos espaços da dignidade humana, para que se possa alcançar o universalismo de chegada em prol de melhores distribuições das riquezas e da eliminação das múltiplas exclusões nas quais vive uma imensidade de seres humanos. Sedimentado o marco teórico que orienta nossa ação, partimos para a análise dos discursos legitimadores do castigo entendidos como alicerce teórico oficial dos centros de sentido da pena criminal e que serviram de base para o Supremo Tribunal Federal, enquanto agência judicial do sistema penal, justificar a execução da pena de prisão antes do trânsito em julgado da sentença penal condenatória. Passamos, ainda, a revisar a historicidade da utilização da pena de prisão enquanto instrumento de controle do desvio como resposta as exigências do mercado de trabalho na sociedade capitalista com a finalidade primordial de controlar as massas marginalizadas. Ao final, sob a rubrica das pautas e das funções de uma teoria crítica e compromissada dos direitos humanos, apresentamos vias de ações capazes de colocar em marcha processos culturais, do ponto de vista das classes subalternas, como garantia de uma práxis teórica e política criminal alternativa como prática social.
Doctoral program
Related publication
Research projects
Description
Programa de Doctorado en Ciencias Jurídicas y Políticas
Línea de Investigación: Derechos Humanos y Desarrollo
Clave Programa: DJP
Código Línea: 50
Bibliographic reference
Photography rights
Collections